PM PROMETE REAÇÃO SOBRE A DETENÇÃO DE UM DOS PERITOS CONVIDADOS PELO GOVERNO

O primeiro-ministro guineense, Nuno Gomes Na Bian, prometeu reagir à detenção de um dos peritos internacionais convidados, pelo governo da Guiné-Bissau, para inspecionar o avião Airbus A340, retido no aeroporto de Bissalanca.

Interpelado pelos jornalistas, à saída da sessão parlamentar desta quinta-feira, 09 de dezembro de 2021, na qual os deputados aprovaram o Orçamento Geral de Estado, Nuno Na Bian lamentou não ter informação suficiente sobre a detenção de algum perito, mas revelou que foram convidados oficialmente pelo governo para inspecionar o avião suspeito retido desde passado dia 29 de outubro.

“Passei todo o tempo no Parlamento e não tenho nenhuma informação exata sobre a detenção de um dos peritos internacionais”, disse, para de seguida frisar que irá inteirar-se da situação e na altura certa pronunciar-se-á sobre o assunto.

“Foram convidados oficialmente pelo governo para inspecionar o avião que entrou no nosso país de forma ilegal”, afirmou.

Na Bian informou que o governo vai seguir todos os procedimentos na base da lei para responsabilizar os proprietários do avião Airbus A340, que chegou ao país de “forma duvidosa”.

De acordo com as denúncias feitas pelos deputados durante a sessão, a aeronave suspeita foi autorizada a aterrar no aeroporto Osvaldo Vieira a pedido do Gabinete do Presidente da República.

Por: Djamila da Silva