ARTUR SANHÁ ACUSA A ATUAL LIDERANÇA DO PRS DE CRIAR VOTOS FANTASMAS PARA ESCOLHA DOS DELEGADOS AO CONGRESSO

O candidato ao VIº Congresso do Partido da Renovação Social (PRS), António Artur Sanhá, acusa a direção e a comissão organizadora do congresso de manipulação durante o processo da escolha dos delegados ao congresso.

Acusação do candidato á liderança do PRS feita, esta terça-feira, durante uma conferência de imprensa realizada na sede do próprio partido

António Artur Sanhá denuncia que durante o processo foi verificado por intermédio de transporte de indivíduos não militantes ou sem se reuniram as exigências para os cadernos eleitorais.

O candidato disse ainda que estas individualidades criam “votos fantasmas” e manipulações por pré-combinação.

“Um ato que violou gravemente as condições da capacidade eleitoral estabelecida pelos regulamentos do partido”, disse o candidato.

Artur Sanha chama atenção “da ingerência de mãos ocultas nos assuntos internos do partido” e, convidou aos militantes do partido a fazerem uma serie de “prestação” de todo o ocorrido para poderem tirar as suas ilações.

O candidato a liderança do PRS, António Artur sanha, avisa que as violações de princípios do PRS, registado durante o processo da escolha dos delegados para o congresso, pode desvirtuar objetivo projetado para conquista do poder no ceio dos renovadores.

 

Por: Turé da Silva