Equipa de peritos de avião deve chegar à Guiné-Bissau “até final de semana” – Governo

Uma equipa de peritos internacionais, pedida pelo Governo guineense, deve chegar ao país “até final da semana” para inspecionar o avião retido pelas autoridades no aeroporto de Bissau, disse hoje à Lusa fonte do executivo.
Segundo a fonte, a equipa para inspecionar o Airbus A340, retido, por suspeitas sobre a natureza da carga que transporta a bordo, desde 29 outubro, será constituída por técnicos das Nações Unidas, União Africana, agência federal de fiscalização da droga ilícita dos Estados Unidos (DEA) e por peritos da fabricante de aviões Airbus.
Todas estas entidades foram solicitadas por iniciativa do Governo do primeiro-ministro guineense, Nuno Nabiam, de quem partiu a ordem de retenção do avião estacionado na ala militar do aeroporto internacional Osvaldo Vieira de Bissau.
Uma outra fonte do Governo guineense precisou à Lusa que os trabalhos da comissão interministerial instituída para averiguar as circunstâncias da vinda ao país do avião, proveniente da Gâmbia, estão concluídos, faltando agora “uma peritagem minuciosa” para apurar “onde esteve o aparelho e o que transportou antes de chegar a Bissau”.
Só depois da peritagem internacional é que serão anunciadas ao país todas as questões envolvidas com o avião, acrescentou a fonte do Governo, que notou que todas as autoridades guineenses pretendem ver esclarecidas a situação.
Conosaba/Lusa