Luta pelas mulheres

ADIATU DJALÓ NANDIGNA Ministra das Pesca


Dirigente do PAIGC. Nasceu no dia 06 de novembro de 1958, em Canchungo. Licenciou-se em Ciências Políticas pela Universidade de Havana (Cuba), em 1976/1982. Fez o curso de Gestão, Administração Económica e Financeira no Centro Internacional de Formação (OIT), em Turim (Itália), em 1996/1998. Fez igualmente o curso de Gestão de Qualidade no Centro Universitário de Tecnologia Alimentar PISCA TAWAY em New Gersey (Estados Unidos de América), em 2000/2001. Desempenhou várias vezes funções ministeriais desde 2004, no executivo liderado por Carlos Gomes Júnior. Em 2008/2010, desempenhou a função da Ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação Internacional. Em 2010/2012, Ministra da Presidência do Conselho de Ministros Comunicação Social e Assuntos Parlamentares. No ano de 2014 desempenhou a função da Conselheira de Assuntos Políticos e Diplomáticos do Presidente da República José Mário Vaz. Ocupou a pastada Defesa Nacional do governo de Carlos Correia, desta foi chamada para ocupar a pasta das Pescas.

MARIA INÁCIA CÓ SANHÁ – Ministra da Saúde Pública, Família e Coesão Social   


Nasceu a 25 de maio de 1968. Fez-Bacharel em Língua Portuguesa na Escola Normal Superior Tchico Té em Bissau  de 1989/92. 2001 -Curso de Criação e Gestão de Pequenas Empresas –  Praia Cabo-Verde. 2012 –Presidente do Instituto de Mulher e Criança. De 2006/ 2010 –  Diretora Geral da Solidariedade Social e Família. 1997/2000 – Chefe do Departamento de Informação e Orientação Profissional – DGTEFP – MFPT.1996/97 -Técnica do Emprego da Direcção Geral do Trabalho, Emprego e Formação Profissional (DGTEFP) – Ministério da Função Pública e Trabalho. Ocupou duas vezes a pasta da Secretária de Gestão Hospitalar nesta legislatura, depois foi promovida no seu partido para desempenhar, desta vez, a função da ministra da Saúde Pública, Família e Coesão Social, cumulativamente.

ESTER FERNANDES – Ministra da Administração Territorial  


Nasceu no dia 28 de abril de 1963, em Bubaque (região de Bolama). Fez a licenciatura em Direito – pela Faculdade de Direito de Bissau. Tem  Bacharelato em Direção e Gestão de Turismo – Instituto Superior de Hotelaria e Turismo de Estoril – Portugal. Fez o curso de Especialização em Gestão de Turismo e Hotelaria – Salzburg – Áustria. Foi diretora dos Serviços das Atividades Turísticas e Hoteleiras- Direcção Geral de Turismo. Antes da sua nomeação, desempenhava a função da diretora-geral da Administração do Território e Poder Local Ministério da Administração Interna. No Governo de Carlos Correia desempenhou o cargo da Secretária de Estado da Administração do Território e Poder Local. Desta vez vai dirigir a pasta da Ministra de Administração Territorial.

PAULETA CAMARÁ – Secretária de Estado da Gestão Hospitalar


Nasceu a 30 de junho de 1955, em Bolama, região de Bolama/Bijagós. Fez o curso de capacitação na especialidade de Secretariado, no Instituto Técnico de Formação Profissional. Estudou a língua inglesa em Banjul (Gâmbia), como também a língua francesa em Ziguinchor (Senegal). Dirigente e membro do Bureau Político e Comité Central do PAIGC. Eleita 1ª Secretária da UDEMU para o Setor Autónomo de Bissau. Foi diretora-geral da Fundação para Acção Social, em 2010. Em 2014, desempenhou a função da Conselheira do Primeiro-ministro, Domingos Simões Pereira, para área social. Nomeada agora para exercer a função de Secretária de Estado de Gestão Hospitalar.

QUITE DJATA – Secretária de Estado do Ambiente

Nasceu a 27 de maio de 1958, em Mansoa, região de Oio, norte do país. Formou-se na área de Agronomia pela Universidade Karl Max /Leipzig, em Alemanha. Fez ainda a Pós-Graduação na área de Desenvolvimento Rural, em 1990/1991.Foi responsável do Programa de participação comunitária do Projeto “PADIR”. Trabalhou igualmente no Projeto “PROCOFAS”, Projeto de Mudança de Comportamento no domínio de Água e Saneamento. Foi assistente técnico de um Projeto Pós-Conflito financiado pelo Banco Mundial.Antes da sua nomeação exercia a função da Coordenadora do Programa Nacional do Comité Nacional para Abandono da Prática Nefasta na Guiné-Bissau. Vai agora desempenhar a função da Secretária de Estado do Ambiente.

LUSO-GUINEENSE, JOACINE KATAR MOREIRA CANDIDATA AO PARLAMENTO EUROPEU

Fonte: Radio Cacheu.