ONU: Nova representante Especial do SG é uma activista

Activista dos direitos humanos e igualdade de género, nomeada como nova Representante Especial do Secretário-geral da ONU na Guiné-Bissau!

O Secretário-Geral das Nações Unidas, António Guterres, anunciou hoje a nomeação de Rosine Sori-Coulibaly do Burkina Faso como sua nova Representante Especial para a Guiné-Bissau e Chefe do Gabinete Integrado das Nações Unidas para a Construção da Paz na Guiné-Bissau (UNIOGBIS).

Ela serviu mais de 20 anos às Nações Unidas em várias funções a nível sénior, nomeadamente como Representante Especial Adjunta do Secretário-Geral no Burundi, Coordenadora Residente, Coordenadora Humanitária e Representante Residente do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2011). Foi Coordenadora Residente e Representante Residente do PNUD no Togo (2006-2011) e no Benim (2014-2016).

Antes de se juntar a ONU, ela foi um membro ativo em organizações da sociedade civil, em particular aquelas que lutam pelos direitos humanos e pelo empoderamento das mulheres.

É mestre em economia do desenvolvimento pela Universidade Cheikh Anta Diouf do Senegal e pós-graduada em planeamento e macroeconomia pelo Instituto Africano de Desenvolvimento e Planeamento Econmico das Nações Unida

370 thoughts on “ONU: Nova representante Especial do SG é uma activista”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *